Em breve teremos um novo site! Fique atento.

Faleceu aos 110 anos a religiosa mais idosa do mundo

A irmã Cândida Bellotti pertencia à Congregação das Ministras dos Enfermos de São Camilo de Lelis

Zenit | Terça, 30 Maio 2017 12:03
Faleceu aos 110 anos a religiosa mais idosa do mundo Zenit

(ZENIT – Roma, 30 Maio 2017).- A irmã Cândia Bellotti que morreu sexta-feira 28, com 110 anos de idade, recebeu hoje terça-feira a última saudação, na Igreja da Santíssima Trindade da cidade italiana de Luca. A irmã Cândia Bellotti.

Era a religiosa mais idosa do mundo. Tinha completado 110 anos a 20 de Fevereiro passado. Nessa ocasião recebeu os bons votos da parte do Papa: “À reverenda irmã Cândida Bellotti, irmã Ministra dos Enfermos, que com uma alma agradecida a Deus festeja os seus 110 anos: o Santo Padre, Papa Francisco, participa espiritualmente na alegria pelo acontecimento, enviando calorosas felicitações e sinceros votos”, lê-se na bênção apostólica endereçada desde o Vaticano.

Originária da região italiana do Véneto, a irmã Cândida Bellotti pertencia à Congregação das Ministras dos Enfermos de São Camilo de Lelis que trabalham nos hospitais, nas casas de repouso e nos lugares de cura, promovendo a pastoral da saúde e educação sanitária de base.

Ela começou a prestar a sua obra como enfermeira profissional, a partir dos anos 30, em diversas cidades da Itália, dedicando-se também à formação das jovens irmãs da Congregação. No ano 2000, já com 93 anos, foi transferida para a Casa Mãe em Luca para se repousar.

Conheceu ao longo da sua vida 10 Papas, incluindo o Papa Francisco que teve o privilégio de encontrar em 2014 em Roma, por ocasião dos seus 107 anos, ocasião em que participou na Missa na Casa Santa Marta, recebendo a benção do Papa.