Irmãos gêmeos celebram 60 anos de ordenação sacerdotal na Austrália

Os sacerdotes e irmãos gêmeos Padre Patrick e Padre John O'Neill, membros da comunidade dos Redentoristas, celebraram, no dia 16 de março, seus 60 anos de sacerdócio. Os sacerdotes entraram juntos no Seminário Menor em Galong, Austrália, e superaram as provas que pretendiam eliminar a um dos dois como candidatos ao sacerdócio.

Gaudium Press | Terça, 20 Março 2018 08:51
Irmãos gêmeos celebram 60 anos de ordenação sacerdotal na Austrália Gaudium Press

Apesar de serem irmãos gêmeos e seguirem a vocação desde os 15 anos de idade, nenhum dos dois discutiu este tema com o outro. Desde uma tenra idade estavam certos de que eram chamados ao sacerdócio. "É o mistério da vocação. Porque quis ser sacerdote? Não sei. Mas sei que têm sido uma vida muito feliz e que não faria outra coisa", explicou o Padre Patrick à Arquidiocese de Sidney. "Sempre quis ser um sacerdote. Sempre", afirmou por sua vez o Padre John.

Para evitar que um dos dois irmãos seguisse a vocação sacerdotal para imitar o outro, eles foram separados durante sua formação. Estando separados, colocaram à prova a vocação de cada um deles, comprovando que ambos estavam chamados ao sacerdócio. "Não houve reação, assim que nos juntaram novamente onde correspondíamos. Terminamos na mesma classe", recordou com humor o Padre Patrick.

Apesar de terem estado juntos por toda vida, uma vez sacerdotes tiveram que se separar sem que isso significasse um evento traumático para qualquer um deles. O Padre John foi enviado em trabalho missionário às paróquias de toda a Austrália e depois enviado para a África para servir em Burkina Faso durante 22 anos. Dali teve que retornar após sofrer um ataque cardíaco em 2007. O Padre Patrick serviu como educador, contador e agricultor no Seminário Menor de Galong e como missionário em Townsville.

Quando o Padre John sofreu um ataque cardíaco, ambos sacerdotes se reencontraram em Roma e atualmente vivem juntos novamente na comunidade Redentoristas de Kogarah. 60 anos depois, ainda não conseguem explicar como ingressaram em uma comunidade religiosa que conheceram apenas seis meses antes de entrar no Seminário. "Deus está no comando. Se você segue o que Ele deseja já é tudo", comentou o Padre John. "Ele conhece quem é você, então não precisa fazer planos (...) O maravilhoso é que há alguém lá em cima vendo tudo isso".