fbpx

Urgente: novas orientações pastorais em conformidade com a decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo

Decisão do Tribunal aconteceu no final da tarde do dia 20, sexta-feira, e tem aplicação imediata em todo o estado de São Paulo

Redação | Sábado, 21 Março 2020 09:56
Urgente: novas orientações pastorais em conformidade com a decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo

Atendendo o pedido do Ministério Público de São Paulo, o Tribunal de Justiça do Estado emitiu decisão nesta sexta-feira, às 20 horas, válida para todo estado. Diante de tal decisão, Dom Luiz Antônio Guedes emite um comunicado urgente orientando a suspensão das missas públicas já neste sábado, 21 de março. Em normativa anterior, o bispo já havia determinado esta mesma suspensão a partir da segunda-feira, 23 de março.

 

COMUNICADO URGENTE


Comunico a todos: padres, religiosos, religiosas, agentes pastorais e fiéis que, por decisão da Justiça, fica suspenso (proibido) a partir de hoje, dia 21 de março, a realização de missas e cultos, bem como qualquer atividade que provoque aglomeração de pessoas. O descumprimento dessa decisão poderá gerar multa, fechamento da igreja, penalidades criminais e até mesmo prisão.

Portanto, o decreto diocesano, que entraria em vigor na segunda-feira passa a vigorar desde hoje, 21 de março, sábado.

Assim estão proibidas desde hoje as missas, celebrações da Palavra e todas atividades litúrgicas e pastorais...

Que o Senhor ilumine e abençoe a todos!

Dom Luiz Antônio Guedes
Bispo da Diocese de Campo Limpo

 

[Editado às 11h53]

Esclarecendo:
Queridos irmãos,
Em obediência à liminar, as portas das igrejas e outros locais
de culto devem ficar fechadas daqui por diante até determinação em contrário.
Casa pessoa deve permanecer em sua casa.

Dom Luiz Antônio Guedes