Falece o Monsenhor Thomaz Raffainer

Nascido no Rio Grande do Sul, Monsenhor Thomaz exerceu seu ministério de maneira fecunda e muito próxima do povo.

Redação | Quinta, 24 Outubro 2019 18:34
Falece o Monsenhor Thomaz Raffainer

Faleceu na tarde desta quinta-feira no hospital Leforte, unidade Morumbi, o Monsenhor Thomaz Raffainer após um longo período de sofrimento e luta contra suas enfermidades. O sacerdote encontrava-se internado desde o dia 19 de setembro e sua morte foi motivada por uma broncopneumonia. Leia abaixo, na íntegra, a Nota de falecimento emitida pela Diocese.

 

NOTA DE FALECIMENTO DO MONSENHOR THOMAZ RAFFAINER

A Diocese de Campo Limpo, com profundo pesar, comunica o falecimento do Revmo. Monsenhor Thomaz Raffainer, padre diocesano emérito, às 16 horas do dia 24 de outubro no Hospital Leforte (unidade Morumbi), na cidade de São Paulo.

Natural de Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul, monsenhor Thomaz Raffainer nasceu em 26 de outubro de 1928.  Foi ordenado em 28 de fevereiro de 1952, na conhecida Igreja do Calvário, no bairro paulistano de Pinheiros, por Dom Paulo Rolim Loureiro, então bispo auxiliar de São Paulo, pela congregação dos religiosos passionistas.

Monsenhor Thomaz exerceu diversas atividades durante o seu fecundo ministério presbiteral, primeiro no seminário de Osasco como professor e pároco na Igreja dedicada ao Senhor Bom Jesus do Bonfim, também em Osasco. Em 1954 foi designado Capelão da Santa Casa de Misericórdia, onde permaneceu por três anos, quando foi transferido para Bento Gonçalves, como missionário até 1959. Voltando para Osasco, dirigiu o seminário por mais sete anos.

Em 1966 deixou a congregação dos Passionistas, tornando-se diocesano, recebido por Dom Agnelo Rossi, que o designou para a paróquia Santa Terezinha em Taboão da Serra, onde permaneceu por 23 anos, prestando grande serviço espiritual, pastoral e missionário para a comunidade local. De lá, assumiu a paróquia São Benedito da Vila Sônia, em 1989 onde permanecendo por 16 anos, até 2005.

Firmes na esperança, rogamos a Deus para que acolha em seu Reino esse seu servo bom e fiel.

 “Para experimentar a condição divina é preciso viver o amor entre nós”. (Mons. Thomaz Raffainer)

Velório e Seputamento

O velório do Monsenhor está previsto para iniciar às 7 horas do dia 25 de outubro no Cemitério Gethsêmani, localizado no bairro do Morumbi, São Paulo. No mesmo cemitério será realizada a Missa de corpo presente em sufrágio ao Monsenhor às 15 horas, seguida do sepultamento.

Cemitério Gethsêmani
Endereço: Praça da Ressurreição, 1 – Morumbi – SP – CEP: 05625-170