Em breve teremos um novo site! Fique atento.

Mais de 3000 jovens participam da Vigília Celebra Juventude

Em sua quinta edição, a Vigília atraiu mais uma vez jovens de todas as partes da Diocese que, com entusiasmo, se reuniram na Catedral Sagrada Família.

Redação | Quarta, 15 Novembro 2017 17:18
Mais de 3000 jovens participam da Vigília Celebra Juventude Imagens: Carlos Henrique

Cânticos, oração, louvores, pregações, confissão, adoração e Santa Missa. Assim foi a madrugada de cerca de 3000 jovens que tiveram a oportunidade de participar da Vigília Celebra Juventude.

As 8 horas de vigília não assustaram nem mesmo quem veio de longe, como é o caso dos grupo de jovens que veio da cidade de Embu-Guaçu (SP) para participar da grande concentração jovem. O evento vem se consolidando e, a cada edição, cresce o número de participantes.

A abertura da noite ficou por conta de Dom Luiz Antônio Guedes que incentivou a juventude a ser luz do mundo nos diversos ambientes em que vivem. O bispo expressou sua alegria por encontrar a Catedral repleta de jovens, já no início da Vigília.

Dom Luiz lembrou ainda que em 2018 haverá em Roma um Sínodo sobre os jovens, com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. Na ocasião se reunirão bispos do mundo inteiro para tratar os temas mais urgentes e desafiantes relacionados aos jovens. Desta maneira, ressalta Dom Luiz, a Igreja expressa sua preocupação a juventude.

Padre Rodolfo Camarotta, assessor diocesano da Juventude e idealizador da Vigília foi quem conduziu a vigília madrugada a dentro. Desejoso de proporcionar momentos expressivos de encontro da juventude diocesana, padre Rodolfo idealizou a Vigília como parte de um programa de atividades que o Setor Juventude tem desenvolvido na Diocese nos últimos anos. A Vigília tem acontecido duas vezes ao ano, além da Missão Jovem, a Romaria Diocesana da Juventude e outros momentos celebrativos e formativos que ocorrem ao longo do ano.

Juntamente com o padre Rodolfo uma equipe numerosa de voluntários se dedica meses antes do Celebra Juventude para a sua realização. Muitos deles trabalham nos bastidores, organizando ambientes, orientando os participantes, recepcionando pregadores, dando apoio aos músicos.

As pregações

O grande tema desta quinta edição do Celebra Juventude foi “Um amigo leva a gente para o coração de Deus”, tendo como texto base o capítulo 15 do Evangelho de São João.

A primeira pregação da noite ficou por conta do padre Fabiano Benevides, da paróquia Santo Expedito, em Itapecerica da Serra. Sua pregação teve como referência o trecho do Evangelho São João 15, 1: “Eu sou a videira verdadeira e vós, os ramos”. Padre Fabiano conduziu suas pregação sendo enfático que o verdadeiro amigo é aquele que leva o outro ao coração de Deus. Contudo, para que isto aconteça, é necessário que antes sejamos amigos de Deus. E complementa o padre: “na Igreja Católica, a maneira mais eficaz de ser amigo de Jesus é através da Santa Missa”. E ainda: “Se não ama Jesus na Santa Missa, não é amigo de Jesus”.

Após o intervalo a irmã Maria de Lourdes, das Carmelitas Mensageiras do Espírito Santo realizou a segunda pregação. Percorrendo diversos trechos da Palavra, a irmã procurou deixar claro muitos dos momentos em que Deus manifestou seu amor pelos homens e mulheres, seus filhos muito amados. Mesmo quando perdidos pelo pecado, Deus não os deixou abandonados, mas deu uma resposta de amor. “O próprio Pai quer celebrar hoje, quer fazer morada no seu coração”, enfatizou a irmã. “Quando Deus nos escolhe, Ele não para na metade. Ele vai até o fim, mesmo que não sejamos fiéis a Ele”.

O terceiro pregador da noite foi o jovem Raylson Araújo, da Santuário São José Operário – Capão Redondo. Raylson também é estudante de teologia na PUC-SP. A meditação de Raylson deu continuidade à temática da Vigília, através do Evangelho de São João (João 15,15): “Já não vos chamo servos, pois o servo não sabe o que o senhor faz. Eu vos chamo amigos”. Raylson extraiu destes versículos três pontos para a compreensão do centro dessa mensagem. O primeiro ponto é vivermos em comunidade; são os ramos da videira. Como segundo ponto extraído do trecho mencionado, todos recebemos o chamado à missão. E por fim o último ponto é o conflito: quem decidiu por Jesus, mesmo que não queira, enfrenta algum conflito por conta desta escolha em algum momento de sua vida.

Enfatizando o aspecto da missão, o pregador procurou despertar nos jovens a importância de serem missionários, como identidade própria dos discípulos de Jesus. E mais: nem sempre o servo é verdadeiro amigo de Jesus: “porque o servo faz, ele acha que é amigo. Tem muita gente que no seu relacionamento com Cristo deixou de se derramar diante dEle, fica apenas a função, o status, e não há amizade. Este servo deixar de ir, deixa de produzir”.

Após a sequência de pregações toda a atenção se voltou para o Santíssimo Sacramento. Os jovens tiveram a oportunidade de realizar um momento de adoração a Jesus presente na Eucaristia e receber a benção do próprio Senhor. Foi um momento de profundo encontro com o Jesus por parte de muitos que ali estavam. O padre Miguel de la Torre conduziu o ostensório portanto Jesus Eucarístico.

A Santa Missa

E, para encerrar a Vigília com chave de ouro, mesmo muito cansados, os jovens participaram da Santa Missa presidida pelo padre Rodolfo Camarotta. Durante a homilia o padre enfatizou seu desejo que a Santa Missa fizesse parte de todas as edições da Vigília, pois é o próprio Senhor quem fala aos corações e alimenta a todos.

Além disso, a partir do Evangelho proclamado, chamou a atenção para a importância de reconhecimento das graças e benefícios que Deus opera em nossas vidas. “Devemos exercitar essa Palavra que foi ouvida. Voltamos todos muito cansados para casa, mas curados. Que nos comprometamos em nossas comunidades. Talvez não tenhamos o entendimento de como fazer isso, mas que cada um busque como fazer isso. Uma maneira muito importante de agradecer a Jesus pelas curas alcançadas é continuar nesse caminho”.

Após a maratona de oito horas seguidas todos estavam muito cansados, mas era perceptível no rosto dos jovens a satisfação de terem participado de mais um grande encontro onde saíram abastecidos, fortalecidos e animados para continuar a missão de ser sal da terra e luz do mundo.

A próxima Vigília Celebra Juventude já tem data: será na noite de 12 de fevereiro de 2018, segunda-feira de carnaval, a partir das 22 horas na Catedral Sagrada Família.

Veja algumas imagens do encontro. Também é possível rever a vigília através do canal da Diocese no Youtube: https://www.youtube.com/diocesedecampolimpo

IMG4369
IMG4357
IMG4616
IMG4576
IMG4489
IMG4535
IMG4559
IMG4602
IMG4636
IMG4434
IMG4457
IMG4409
IMG4404
IMG4648
IMG4655
IMG4385
IMG4709
IMG4369 IMG4357 IMG4616 IMG4576 IMG4489 IMG4535 IMG4559 IMG4602 IMG4636 IMG4434 IMG4457 IMG4409 IMG4404 IMG4648 IMG4655 IMG4385 IMG4709