Quaresma, viver o amor para ser feliz!

Redação | Quinta, 07 Março 2019 15:16
Quaresma, viver o amor para ser feliz! Marcus Simi

A Igreja Católica iniciou nesta Quarta-feira de Cinzas, o tempo litúrgico da Quaresma, onde, durante 40 dias todos são convidados a vivenciar a prática do jejum, da oração e da caridade, preparando assim o coração para a Semana Santa onde se atualizam os mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor Jesus.

Neste tempo, os fieis são chamados à conversão pessoal, e sobre isso, Dom Luiz Antônio Guedes disse em sua homilia, na missa realizada às 20 horas na Catedral Sagrada Família, na abertura da Quaresma: “O importante é que tudo que a gente faz para servir a Deus e para cumprir a vontade de Deus, neste tempo ou em qualquer um outro, deve ter uma motivação de gratuidade interior, a gratuidade de sair de nós mesmo para irmos, seja para Deus, seja para o próximo, para fazer o bem dos outros e não somente para nosso próprio bem”.

E exortou: “Todos nós sabemos que Deus nos criou a sua imagem e semelhança. Mas o que é ser imagem e semelhança de Deus? O que Deus é, qual e a natureza de Deus?  É o amor,  a natureza de Deus é o amor e Ele nos fez a imagem e semelhança Dele, isso significa que quanto mais amor tiver em nós mais seremos imagem e semelhança Dele.  Quanto mais semelhantes a Deus mais amor teremos e só quem ama realmente é feliz”.

A Liturgia da Quarta-Feira de Cinzas convida a conversão do coração a Deus, e a imposição das cinzas, que marca com uma cruz os fieis, indica o início de um tempo de penitência. “Somos todos chamados a conversão, isto está em todas as leituras de hoje, somos chamados a uma mudança”, disse Dom Luiz.

Na Quarta-feira de Cinzas, todos os anos acontece a abertura da Campanha da Fraternidade, esta proposta da CNBB existe há quase 60 anos. Este ano o tema escolhido nos convida a reflexão sobre o que nos compromete no exercício da cidadania: "Fraternidade e Políticas Públicas" com o lema: "Serás libertado pelo direito e pela justiça" (Is. 1,27) a campanha busca conhecer como são formuladas e aplicadas as políticas públicas estabelecidas pelo estado brasileiro.

Um vídeo explicativo, com a participação do Pe. José Nelson, Assessor Diocesano da Campanha da Fraternidade, foi exibido no final da celebração. Durante o período da campanha todas paróquias, comunidades e pastorais são incentivados a ver, analisar e criar ações que levem os fieis a se comprometerem com participação cidadã nas Políticas Públicas por meio de gestos locais. Antes de despedir os presentes com a benção final, os cinco novos jovens propedeutas, do Seminário Propedêutico Sagrada Família, que iniciaram sua caminhada este ano, foram apresentados.

fotor1
fotor2
fotor3
fotor4
fotor5
fotor17
fotor6
fotor14
fotor13
fotor10
fotor9
fotor8
fotor7
fotor12
fotor11
fotor15
fotor16