Em breve teremos um novo site! Fique atento.

Dois novos diáconos para a Igreja

Cerimônia de ordenação foi presidida por Dom Luiz e contou com a participação de diversos padres e diáconos que acompanharam a formação dos dois seminaristas. 

Redação | Domingo, 13 Agosto 2017 05:20
Dois novos diáconos para a Igreja

Desde domingo, 6 de agosto, Festa da Transfiguração do Senhor, a Diocese passou a contar com mais dois diáconos: José Nelson e Márcio Melo. Após percorrerem o caminho formativo – estudaram filosofia, teologia e realizaram estágio pastoral ao longo de 8 anos –, ambos os seminaristas foram ordenados por Dom Luiz Antônio Guedes na Catedral Sagrada Família.

Histórico

Natural de Bezerros (Pernambuco), o diácono José Nelson realizou seu estágio pastoral nas paróquias São José Operário (Campo Limpo), São Benedito (Morumbi), Nossa Senhora Aparecida (Taboão), Santos Mártires (M'Boi Mirim), Santa Margarida Maria Alacoque (Taboão) e Nossa Senhora da Esperança (M'Boi Mirim). Atualmente está na paróquia Santa Rita de Cassia (forania Itapecerica), onde foi nomeado coordenador da paróquia. Sua paróquia de origem é a São José e Santo Eduardo em Embú das Artes. O lema escolhido pelo diácono josé Nelson é: "Ide ao mundo e proclamai o Evangelho a toda criatura" (Mc 16,15).

O diácono Márcio Melo é nascido em Itapecerica da Serra e passou pelas seguintes paróquias realizando o estágio pastoral: Santa Edwiges e São Miguel arcanjo  (M’Boi Mirim) ; São Benedito  (Morumbi); São João Evangelista  (Embu das Artes) ; Nossa Senhora de Guadalupe  (Mirim Guaçu ) e atualmente está na Nossa senhora do Rosário  (Embu das arte ). Seu lema de ordenação é: "Vai, e também tu, e fazes o mesmo". (Lc 10,37b).

A homilia

A homilia de Dom Luiz teve dois momentos distintos: a explicação dos textos bíblicos proclamados na Missa e a homilia ritual, dirigida aos dois candidatos que seriam ordenados diáconos.

Sobre os textos bíblicos foi destacada a Transfiguração do Senhor e a grande oportunidade que Pedro, Tiago e João tiveram em contemplar a manifestação da divindade de Cristo. Dom Luiz destacou que também nós, quando fazemos a experiência com Deus, devemos sempre descer do monte para fazer aquilo que Deus pede. Além disso, tudo aquilo que Deus nos oferece através da Igreja – Eucaristia, a Palavra, as orações, retiros, momentos de meditação –existe para nos formar e impulsionar para vivermos o amor. Devemos subir ao Tabor para nos abastecermos e descer para realizar a humanização dos relacionamentos.

A homilia ritual, retirada do Pontifical Romano (livro que contém as orações e ritos próprios dos bispos), exorta os candidatos ao diaconato a exercer o ministério que estão recebendo com alegria e, sobretudo, com o testemunho coerente do Cristo.

Ao receber o sacramento da ordem, os diáconos levam em si um sinal que não pode ser apagado, assim como acontece no batismo. A primeira missão daquele que se torna diácono é o serviço, imitando o Cristo servo de todos. Dentro das celebrações litúrgicas ele auxilia o bispo e os padres em algumas funções, distribui a Sagrada Comunhão, pode assistir Matrimônios, presidir funerais, proclamar o Evangelho nas celebrações entre outros. Mas sobretudo deve empenhar-se no serviço de caridade.

 

Como diáconos transitórios, José Nelson e Márcio Melo irão exercer o ministério diaconal por alguns meses até que seja marcada a ordenação presbiteral.

IMG9981
IMG9800
IMG9796
IMG9788
IMG9639
IMG9614
IMG9986
IMG9981 IMG9800 IMG9796 IMG9788 IMG9639 IMG9614 IMG9986