Paróquia Nossa Senhora das Dores celebra Jubileu de Ouro

Paróquia em Juquitiba celebra história de 50 anos e festa da padroeira com procissão, queima de fogos e bolo.

Redação | Quinta, 20 Setembro 2018 09:15
Paróquia Nossa Senhora das Dores celebra Jubileu de Ouro Andrea Rodrigues

A Paróquia Nossa Senhora das Dores, localizada no Centro de Juquitiba, teve momentos únicos e históricos na novena da Padroeira celebrada este ano. Para comemorar os 50 anos de existência foi organizada uma novena, procissão pela cidade, queima de fogos, vídeo histórico e homenagem das diversas pastorais.

Os 50 anos foram solenemente festejados com Missa de Ação de Graças, no dia da padroeira, presidida pelo Bispo Dom Luiz Antônio Guedes, tendo como concelebrantes o pároco, Valdir Rodrigues de Brito, os padres das paróquias vizinhas, José Nelson da Silva, da paróquia Santa Rita de Cássia, Gilberto Silvestre da Silva, Paróquia Santo Antônio Barnabés, além do padre Anderson de Moraes Domingues da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, forania Campo Limpo.

No início da Santa Missa, uma procissão com as imagens dos Santos Padroeiros das paróquias da cidade foram introduzidos na igreja e recebidos com grande fervor pelas centenas de paroquianos presentes. Em seu discurso de abertura, o pároco, fez questão de agradecer a presença de todos e disse o quanto estava feliz com a celebração deste dia, “quero agradecer imensamente a presença de todos é uma honra e alegria celebrar este Jubileu na festa da memória a Senhora das Dores”.

Em sua homilia Dom Luiz lembrou que somos uma igreja apostólica e que foi a partir do anúncio e testemunho dos apóstolos que as igrejas surgiram.  “Há 50 anos nasceu esta Igreja, lugar da Palavra, que gera fé, da Eucaristia, que nos alimenta e de todos os Sacramentos que nos fortalece, onde temos além de tudo a caridade, que somos chamados a assumir a exemplo do próprio Jesus. Hoje, estamos cantando louvores a Deus, porque a partir desta paróquia outras duas já surgiram neste município de acordo com a bondade e o amor de Deus que nos dá essa missão de ir a mais e mais pessoas”, recordou o Bispo.

Dom Luiz falou ainda sobre a colaboração especialíssima de Maria, não só na geração do Filho de Deus, mas na efetiva participação na história da Salvação, “Maria se envolveu de corpo de alma, sofrendo todas as dores. A espada que transpassou Jesus, já não o feria de morte, sua alma já não estava mais lá, mas feriu a alma de sua Mãe, Maria sofreu, mas também, soube acolher no coração cada um de nós dado a ela por Jesus na Cruz, quando diz ‘Eis aí teu filho’. Nós somos chamados como Maria, a dar a nossa colaboração na missão do projeto da Salvação, reconhecendo que a dela foi especialíssima, a mais grandiosa contribuidora na missão de Jesus, mas, cada um de nós pode de acordo o seu dom fazer com que a ação de Jesus alcance mais e mais seres humanos para a salvação”.

Antes da benção final, um vídeo-homenagem com um resumo histórico da paróquia e imagens que lembraram o empenho e a dedicação de inúmeros paroquianos que ao longo dos anos contribuíram para a edificação do templo emocionou a todos.

Dezenas de adultos e crianças de todas as pastorais carregaram letras douradas e balões amarelos que indicavam o motivo da celebração – Jubileu de Ouro da paroquia Nossa Senhora das Dores -, depois dos parabéns as bexigas foram estouradas e um bolo ganhou os corredores da igreja, o pároco, os concelebrantes e Dom Luiz juntos apagaram as velas.

No final da celebração barracas de alimentação montadas na lateral da igreja fizeram ‘tudo a preços populares’ e apesar do frio e da garoa fina a festa ainda continuou do lado de fora.

WhatsApp-Image-2018-09-20-at-085925
WhatsApp-Image-2018-09-20-at-085925-3
WhatsApp-Image-2018-09-20-at-085925-1
WhatsApp-Image-2018-09-20-at-085925-2