Paróquia São Pio X celebra festa do padroeiro

Restaurar todas as coisas em Cristo! Contemplando a relíquia de seu padroeiro paroquianos da São Pio X celebram sua memória com muita devoção e respeito.

Giovana Bezerra | Quinta, 23 Agosto 2018 14:44
Paróquia São Pio X celebra festa do padroeiro Divulgação

A Semana da Família, vivida pela paróquia São Pio X, Forania Campo Limpo, nos dias 12 a 17 de agosto, foi uma grande preparação para a Festa do Padroeiro, celebrada na última terça-feira, 21 de agosto, na comunidade matriz. Um mês antes, duplas, grupos e até trios de pessoas de diferentes pastorais e movimentos iniciaram uma novena nas casas como maneira de apresentar o padroeiro e também evangelizar.

Na missa, às 20 horas, estiveram presentes muitos paroquianos e tantas outras pessoas das paróquias vizinhas. Foi uma grande ação de Graças! Dia de agradecer a Deus e a intercessão deste santo, por tudo que foi vivido e por todos os frutos espirituais e pastorais conquistados graças a sua intercessão.

Aos pés da imagem do padroeiro, estava exposta a relíquia de São Pio X recordando  mais fortemente  a sua presença.

O Pároco, Pe. Rodolfo Camarotta, falou em sua homilia sobre a importância de termos os Santos como nossos intercessores e reforçou que sempre podemos confiar nossas intenções ao nosso padroeiro, e que, mesmo diante de qualquer dificuldade, como diz seu lema, ele sempre nos ajudará a: ‘Restaurar todas as coisas em Cristo!’

São Pio X

Nasceu em Riese, na Província italiana de Treviso, de uma família modesta, sendo o segundo dos dez filhos de Giovanni Battista Sarto e de Margherita Sanson. Foi ordenado aos 23 anos, em 1858. Estudou direito canônico e a obra de São Tomás de Aquino.

Como sacerdote, iniciou seu serviço para a Igreja como capelão em Tombolo, onde começou a correr sua fama de ser um inspirado pregador. Dedicava-se muito ao trabalho. Quando ainda moço, dormia somente 4 horas por noite e julgava que isso lhe era suficiente.

Em 10 de Novembro de 1884 foi elevado a Bispo de Mântua, e em 1896 a Patriarca de Veneza sendo eleito Papa em 4 de Agosto de 1903 com 55 dos 60 votos possíveis no conclave.

São Pio X introduziu reformas na liturgia e codificou a Doutrina da Igreja Católica. Facilitou a participação dos fiéis na Eucaristia. Como um Papa pastoral, encorajou modos de vida que refletissem os valores cristãos.

Foi o primeiro Pontífice eleito no século 20. A história de São Pio X conta também com características do tempo em que viveu. Ele foi o último pontífice a ser eleito por causa do chamado “veto laical”.             

O seu lema era “Renovar todas as coisas em Cristo”, expresso na sua encíclica “Ad Diem Illum”.

Ele foi o grande incentivador da prática da comunhão eucarística frequente e permitiu o acesso precoce das crianças à Eucaristia, quando da chegada à chamada idade da razão.         

DSC03447
DSC03352
DSC03366
DSC03370
DSC03350
DSC03437
DSC03466