Dom Luiz celebra com centenas de fieis a Festa do Corpo de Cristo

Em um dia ensolarado e de muita alegria centenas de fieis participaram da procissão do Corpo de Cristo cantando o amor e adoração pelas ruas no entorno da Catedral Sagrada Família.

Redação | Sexta, 01 Junho 2018 11:16
Dom Luiz celebra com centenas de fieis a Festa do Corpo de Cristo Adriano Menezes / Marcus Simi

Com centenas de fieis, Dom Luiz Antônio Guedes, celebrou a solenidade de Corpus Christi na Catedral Santuário Sagrada Família na manhã do dia 31. A solenidade teve início às 9h30 e durou cerca de duas horas e meia. Corpus Christi ou Corpo de Cristo é a celebração do ‘Mistério Eucarístico’ e é celebrada na quinta-feira em alusão ao dia da Semana Santa em que o próprio Jesus instituiu esse Sacramento na última ceia.

Nesta ocasião, já há alguns anos, os padres e paroquianos da Forania Campo Limpo se juntam ao Bispo diocesano para celebrar esta festa e fazer a renovação ou novas investiduras dos Ministros Extraordinários. Foram centenas de ministros investidos, que assumiram a partir desta celebração, o compromisso de levar o Cristo Eucarístico a quem seja necessário.

Como já acontece há vários anos, um tapete confeccionado com serragem cobriu todo o corredor central da catedral. Pessoas de várias pastorais ajudaram na confecção do tapete que usou serragem colorida como elemento principal, o desenho foi composto por João Damasceno, que não economizou nas cores fortes e deixou em destaque o Cristo Eucarístico, bem no centro do tapete. Esta tradição dos tapetes ao logo do caminho percorrido pela Eucaristia surgiu no século XIII e no Brasil a cidade com os registros mais antigos desta devoção é Ouro Preto, em Minas Gerais.

Durante a homilia, o bispo destacou a importância da alegria desta celebração e observou que Deus nos santifica, mas que é preciso a nossa aceitação. Jesus em seu sacrifico de amor deu seu Corpo e Sangue, Alma e Divindade, não como presente para a nossa individualidade, mas para nos fortalecer, como comunidade, como igreja, estabelecendo uma aliança definitiva para um comprometimento pela causa pela qual Ele deu a sua vida. “O sacrifício de Jesus atinge a humanidade em sua totalidade e estabelece entre Deus e nós uma aliança definitiva, uma aliança que é para sempre”, refletiu.

A procissão pelas ruas é uma recomendação do Código do Direito Canônico, e visa testemunhar a adoração e veneração a Santíssima Eucaristia. Em cortejo e com cantos de adoração a multidão seguiu de perto o Santíssimo pelas ruas no entorno da Catedral, lembrando a caminhada do povo de Deus, peregrino, em busca da terra prometida. No Antigo Testamento o povo peregrino foi alimentado com o maná, no deserto. Com a instituição da Eucaristia o povo é alimentado com o próprio Corpo de Cristo, que se dá a todos e revigora a cada Eucaristia, a missão que confiou a todos deste o Batismo.

A Benção Solene aconteceu no alto das escadarias da igreja com todas as pessoas reunidas ao redor do Cristo Eucarístico, numa demonstração externa de fé e gratidão por um Deus que tem amor sem igual e dá a todos a certeza de que o Cristo Ressuscitado continua no meio de nós e nos alimenta.

 

IMG0666
IMG0677
IMG0690
IMG1313
IMG0705
IMG0703
IMG0699
IMG0829
IMG0727
IMG0716
IMG0719
IMG0839
IMG0761
IMG0766
IMG0813
IMG0722
IMG0864
IMG0876
IMG0910
IMG0887
IMG1632
IMG0925
IMG0939
IMG1019
IMG1692
IMG1041
IMG1051
IMG1058
IMG1201
IMG2048
IMG2004
IMG1147
IMG1101
IMG1077
IMG1133
IMG1216