Pascom diocesana celebra o 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais

Celebrando a Ascensão do Senhor a Pascom Diocesana esteve reunida em missa na Catedral Sagrada Família para comemorar o 52º dia Mundial das Comunicações Sociais.

Redação | Segunda, 14 Maio 2018 18:04
Pascom diocesana celebra o 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais Pascom

No domingo da Ascensão do Senhor (13/05), na Catedral Sagrada Família, os agentes da Pastoral da Comunicação (Pascom) celebraram o 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais. A Santa Missa foi celebrada pelo Bispo Diocesano Dom Luiz Antônio Guedes e concelebrada pelo Assessor Diocesano da Comunicação, padre Rodrigo Antônio da Silva.

Agentes da Pascom prepararam a celebração litúrgica recordando ainda o dia das mães e também o centésimo primeiro ano da aparição de Nossa Senhora Fátima, em Fátima, Portugal. A animação da missa ficou por conta do grupo Ir ao Povo, que faz parte de um projeto criado pelo Pe. Zezinho scj, e percorre as periferias das dioceses pregando a solidariedade.

Em sua homilia, o presidente da celebração, destacou a humanidade de Deus presente em Jesus Cristo, agora levado ao céu, sentado a direita do Pai, mas que não nos deixa só. “Jesus foi levado ao céu, mas continua presente, enviou o Espírito Santo para dar força aos discípulos e a todos nós para sair e anunciar a Boa Nova. Fomos consagrados por Deus para levarmos uma mensagem que podemos sintetizar em uma palavra – evangelização – que significa comunicar, anunciar a Boa Nova de Jesus”.

O Bispo diocesano destacou ainda sobre a facilidade atual no envio de mensagens para qualquer parte do mundo e o quando essa facilidade pode denegrir uma pessoa ou instituição, as famosas fake news.

“Nem sempre a comunicação é verdadeira comunicação, porque o ato de comunicar deve servir para fazer comunhão, para criar relacionamentos fraternos. As fake news são um problema de fato, o Papa Francisco orienta na carta escrita para este dia das comunicações que precisamos ser espertos, devemos procurar a realidade dos fatos, saber o que é justo e o que é injusto, o que é verdadeiro e o que é mentira, que é preciso buscar a justiça. E devemos agir assim mesmo, para que aja o crescimento da humanização das pessoas e da sociedade em que vivemos”, concluiu Dom Luiz.

Alguns objetos utilizados para a comunicação, como máquina fotográfica, tablet, jornais impressos entre outros foram ofertados para valorizar e expressar a missão da comunicação na igreja. No final da celebração, a oração pelo dia mundial das comunicações, proposta pelo Papa Francisco, foi lida por toda a comunidade, que recebeu na entrada um bonito cartão com a imagem de Nossa Senhora da Comunicação, pouco conhecida.

A missa pelo Dia Mundial das Comunicações agrega mais agentes a cada ano e propõe criar uma cultura de encontro, respeito e comunhão no ato de comunicar.

12
11
9
8
7
6
5
4
3
2
1