Festa da Divina Misericórdia reúne multidão na praça central de Itapecerica da Serra

O santuário de Nossa Senhora dos Prazeres e Divina Misericórdia realizou no domingo (8), a Festa da Divina Misericórdia, no Largo da Matriz em Itapecerica da Serra, SP. Milhares de fiéis foram celebrar a devoção a Jesus Misericordioso.

Nathalia Forte | Segunda, 16 Abril 2018 16:11
Festa da Divina Misericórdia reúne multidão na praça central de Itapecerica da Serra Edson Morais

A Santa missa começou às 9h e foi presidida pelo pároco, padre Alberto Gambarini e concelebrada pelos padres Alexandre Matias, Lídio Sampaio e Martinho Alves. A animação ficou por conta da banda Encontro com Cristo. O Santuário possui a relíquia de primeiro grau de Santa Faustina.

Também foi comemorado o dia de Nossa Senhora dos Prazeres que chegou em 1562 no Santuário, dedicado a ela. “É um privilégio estarmos aqui comemorando, em um santuário dedicado a Divina Misericórdia, e mais ainda, num santuário onde Jesus está unido a sua mãe, Nossa Senhora dos Prazeres”, enfatizou o padre.

Em sua pregação padre Alberto ressaltou a importância do dia da Misericórdia. O padre chamou atenção ao falar que a misericórdia tem quer usada em nossa vida, mas também levada para o mundo. “Quando você tem a Jesus, você não fica quieto. Aquilo que Jesus fala dentro da Igreja, você passa a falar em cima dos telhados, você leva para casa, para seus vizinhos; você leva para o ambiente de trabalho, para sua diversão, para escola ou universidade. Não se envergonhe de mostrar seu rosto de cristão”.

Dirigindo-se aos fiéis presentes, o padre Alberto recordou sobre o perdão, diante de um mundo cheios de conflitos, desentendimentos e guerras. “Nós somos chamados pela mensagem da misericórdia a levar o perdão que cura, o perdão de Jesus Cristo que jorra de seu coração”, afirma.

Além de católicos da região e de outras cidades do Estado de São Paulo, também estiveram presentes fiéis de Brasília e Belo Horizonte. “É a primeira vez que venho ao Santuário e já me senti muito acolhida. Conheci o padre Alberto pela televisão e vim aqui junto com uma caravana de Sorocaba, para fazer um pedido especial de oração”, diz Odila Franco, 53 anos, diarista.

A instituição da Festa da Misericórdia aconteceu no Jubileu do ano 2000. Neste mesmo ano, Papa São João Paulo II, hoje Santo, canonizou Santa Faustina, deixando o ensinamento: “Cristo ensinou-nos que o homem não só recebe e experimenta a misericórdia de Deus, mas é também chamado a ter misericórdia para com os demais”. 

Antes da benção final, foi realizada uma procissão ao redor da praça, juntamente com as imagens de Jesus Misericordioso e Nossa Senhora dos Prazeres.

O padre Alberto encerrou a missa afirmando que todos devem viver a fé católica com alegria, porque só assim você se torna uma pessoa forte para enfrentar qualquer problema. “Jesus, eu confio em Vós!”.

Creditos---Edson-Morais-5
Creditos---Edson-Morais-4
Creditos---Edson-Morais-2

Itens relacionados (por marcador)