fbpx

Gosta de correr e rezar? Por que não tentar o rogging, rezar correndo?

O esporte é bom para a sua saúde, isso é certo. E se for tão bom para a vida espiritual? Se você correr uns quilômetros todos os dias, tente rezar à medida que avança. Você vai ver, é fácil!

Aleteia | Quinta, 25 Junho 2020 11:08
Gosta de correr e rezar? Por que não tentar o rogging, rezar correndo?

Quem ainda não sabe o que é o plogging? Este conceito, inventado na Suécia, consiste em correr enquanto se recolhe o lixo.

Plogging é derivado da contração da palavra jogging e do verbo plocka upp (recolher em sueco).

Recolher lixo correndo é tanto fazer bem a si mesmo como fazer uma boa ação. Isso é chamado de “jogging engajado”.

Mas existem outras maneiras de “fazer o bem” e “fazer uma boa ação”. Vamos chamar isso de rogging: rezar enquanto corre.

Exercitando e rezando à medida que avançamos

Para se tornar um profissional do rogging, você tem que começar devagar. Com um aquecimento recitar o Credo, com alongamentos dizer Glória seja ao Pai. A primeira vez, você só tem que correr e recitar uma Ave Maria. Então, aos poucos, aumente o ritmo e tente fazer um rosário.

E por que não aspirar ao terço para a próxima vez e se preparar para uma meia maratona? Na senda vicinal, quando um plogger cuida o terreno, o rogger cuida da sua salvação (mas nada proíbe de fazer os dois ao mesmo tempo).

As más línguas dirão que o rogger também não inventou nada. O peregrino não esperou por ele para se exercitar e rezar enquanto prosseguia. Mas se um neologismo é suficiente para atrair a atenção dos esportistas, vamos aproveitar!